4.3.09

Nelson Santos, pintor, caricaturista, cartoonista português

Continuando na temática do meu blog » Arte « e assuntos "colaterais", tenho optado pela divulgação do que por cá se produz. Assim, o enfoque deste blog tem incidido em dar visibilidade a exposições de trabalhos de artistas plásticos portugueses, alguns dados biográficos de artistas de renome ou que aprecio particularmente, e também videos tutoriais com dicas de pintura, direccionados a auto-didactas, amadores e amantes das artes.

Seguindo esta linha, deixo-vos hoje um trabalho espectacular de caricatura digital elaborada por Nelson Santos, natural de Benavente. Tanto quanto assimilei da pesquisa que ando a realizar, este tipo de trabalho insere-se no campo das artes, designado-se por “Arte digital” e também  “Speed Painting”.


Nelson Santos especializou-se em fazer caricaturas ao vivo e a cores para animação de eventos, congressos médicos e farmacêuticos, inauguração de espaços comerciais e nocturnos, campanhas de lançamento, acções de marketing e promoção de marcas em bares ou discotecas, aniversários de empresas ou festas infantis, festas de natal, casamentos, stands e feiras do livro ou de negócios. Participou este ano 2009 na exposição de caricaturas em Tomar, a convite da Livraria Ao Pé das Letras, exposição esta que esteve também patente em Salvaterra de Magos.

Veja 8:26’ de Arte Digital realizada por artista português. Depois entusiasme-se e explore as potencialidades do Photoshop ;-)

Quando tiver outros 9’ veja a caricatura do Ministro dos negócios estrangeiros, Luis Amado, realizada também no Photoshop por Nelson Santos

Eis algumas caricaturas “em papel” realizadas por Nelson Santos:

Carlos do Carmo clip_image002                                Amália Rodrigues clip_image002

Carlos-do-Carmo  Amalia-Rodrigues

Jamal Malik (personagem do filme extraordinário “Quem quer ser bilionário”) jamal malik  ArafatCristianoRonaldo

8 comentários:

anamar disse...

muito interessante!!!
bela pesquisa!
Gostei da sua estória de vida com o seu gato!
Qualquer dia sai mais uma lá minha "lojinha".
Abracinho

Francisco T. disse...

Muito bem mãe, o teu blog realmente está muito bom, este último post sobre as caricaturas está mesmo engraçado, não sabia que já faziam directamente no computador usando o photoshop, deve ser difícil... Bem, continua a postar assuntos interessantes e sobre coisas de que gostes, isso é que é importante. Beijos, Francisco

Jorge P.G disse...

Sempre tive grande admiração pelos caricaturistas, arte que me parece só ao alcance de grandes desenhadores.

As imagens "photoshopadas" são muito engraçadas, de fácil execução para quem tem muito bons conhecimentos de utilização do programa (o que requer estudo e muito treino), mas nada há que se compare com o traço no papel.

Estas caricaturas aqui deixadas por si são boas, quanto a mim, mas enfermam de uma ausência de estilo próprio que quase identifica desde logo os grandes caricaturistas.
Naturalmente, o autor será um jovem com muitas aptidoes mas com um ainda longo caminho de aprendizagem a percorrer. O talento está lá, faltará a parte restante.
Mas gostei, sim!

Saudações.

Riscos e Rabiscos disse...

Muito obrigada anamar pela visita. Estive "off" nos últimos 3 dias. Agora vou visitá-la e deliciar-me com as boas leituras que vou encontrar!

Riscos e Rabiscos disse...

Filhote: que surpresa booooaaaaaa! Obrigada pelo teu comentário, é importante para mim saber-te aí :-)
É verdade, as potencialidades do photoshop são fantásticas! Já viste a precisão do traço e a coordenação necessárias para fazer uma caricatura no programa?! Fico maravilhada.
Beijinhos imensos

Riscos e Rabiscos disse...

Obrigada Jorge P.G. pelo comentário e análise do meu post. Eu ainda estarei num estadio anterior e maravilho-me com a coordenação e destreza do caricaturista no photoshop.
Tento ter um blog interessante, pelo que me dará muito prazer a sua visita.
"Inté" e obg

anamar disse...

"Apesar de representar os males do conflito armado em Guernica, e de ser um opositor declarado do General Franco, Picasso permaneceu em Paris durante a Segunda Guerra Mundial, apesar da ocupação alemã. Durante a guerra, Picasso uniu-se ao partido comunista e quando o conflito chegou ao fim, ele foi a Moscou para demonstrar seu apoio a Stalin. ", esta foi a 1ª que surgiu, mas haverá mais...
Uma beijoca
ana

anamar disse...

Companheira ReR, compreendi que o comentário tinaha a ver com G.F.
mas como desconhecia a posição politica do artista... eu só quis oferecer-lhe a dica para mais uma fonte de informação de um HOMEM que parece partilharmos-
Apareça!
Quanto ao curso de que falou sobrepõe-se a um outro aonde estou!
Pena!