23.4.09

"ESTE VERÃO, QUERES SER SEREIA OU BALEIA?"

Hoje deixo-vos um blog perante o qual não é possível ficarmos indiferentes. De tal forma que me sinto no dever moral e de cidadã de o divulgar ao maior número possível de pessoas:  http://sercristal.blogspot.com  Depois de lá ir, aja de acordo consigo próprio/a (“you choose the way you want to live”).(gosto bastante do impacto que esta frase tem (em mim) hei-de usá-la aqui mais vezes ;-)

E agora, depois de termos visitado o blog mencionado, e para aligeirar as emoções, aqui vos deixo um episódio engraçado :-)

Há uns dias, numa cidade de França, um cartaz, com uma jovem espectacular, na montra de um ginásio, dizia:

"ESTE VERÃO, QUERES SER SEREIA OU BALEIA?"

             

Dizem que uma mulher jovem-madura, cujas características físicas não interessam, respondeu à pergunta publicitária nestes termos:

"Estimados Senhores:

As baleias estão sempre rodeadas de amigos (golfinhos, leões-marinhos, humanos curiosos). Têm uma vida sexual muito activa, engravidam e têm baleiazinhas ternurentas, as quais amamentam.  

Divertem-se à brava com os golfinhos, enchendo a barriga de camarões.

Brincam e nadam, sulcando os mares, conhecendo lugares tão maravilhosos como a Patagónia, o mar de Barens ou os recifes de coral da Polinésia.

As baleias cantam muito bem e até gravam CD's. São impressionantes e praticamente não têm outros predadores além dos humanos. São queridas, defendidas e admiradas por quase toda a gente.

As sereias não existem. E, se existissem, fariam fila nas consultas dos psicanalistas, porque teríam um grave problema de personalidade, "mulher ou peixe?".

Não têm vida sexual, porque matam os homens que delas se aproximam, além disso, por onde? Por isso, também não têm filhos. São bonitas, é verdade, mas solitárias e tristes. Além disso, quem quereria aproximar-se de uma rapariga que cheira a peixaria?

Para mim está claro, quero ser baleia!!!  

P.S.: Nesta época em que os meios de comunicação nos metem na cabeça a ideia de que apenas as magras são bonitas, prefiro disfrutar de um gelado com os meus filhos, de um bom jantar com um homem que me faça vibrar, de um café e bolos com os meus amigos.

Com o tempo ganhamos peso, porque ao acumular tanta informação na cabeça, quando já não cabe, espalha-se pelo resto do corpo, por isso não estamos gordas, somos é tremendamente cultas. A partir de hoje, quando vir o meu rabo ao espelho, pensarei, “Meu Deus, que inteligente que sou..."

99% de probabilidade deste artigo ter sido escrito por uma mulher bastante inteligente!   ;-)

6 comentários:

Je Vois la Vie en Vert disse...

Bela a tua iniciativa ! Reconheço a tua sensibiliddade !

O texto sobre a baleia, já o conhecia por tê-lo recebido por email mas fizeste um lindo trabalho de procura e colocação de imagens que o tornam muito atractivo ! Vê-se que está aí uma mão de artista !

Bom FDS

Beijinhos da

Verdinha

helia disse...

Já há tempos tinha recebido este texto por mail , mas agora aparece muito bem elaborado.Parabéns

Je Vois la Vie en Vert disse...

Amiga,

Não queres saber um pouco mais sobre uma outra tradição do 1º de Maio ?
Desloca-te ao meu cantinho e leva o presentinho para te dar sorte !

Beijinhos da

Verdinha

Riscos e Rabiscos disse...

Je Vois la Vie en Vert:

helia:

Obrigada pelas vossas visitas.
Estive fora, daí a minha ausência (pleonasmo) ;-)

Iscte 72-77 disse...

Adorei esta mensagem...por variadíssimas razões;
1 - Está, como sempre, optimamente estruturada,
2 - Reflecte inteligência e sensibilidade
3 - Rabos gordos são sinónimo de muitos eventos gastronomicamente brilhantes
4 - Para mim a mais importante, eu e a minha filha, no verão, qdo estavamos, belamente na praia a tomar banho, sempre cantavamos a canção das .... baleias que ainda hoje recordamos com uma enormérri ma saudade...obg por ma fazeres lembrar mais uma vez...

Riscos e Rabiscos disse...

Iscte 72-77:

Folgo em saber que remexi no baú das boas recordações! :-)
Muito obrigada pela visita e comentário, sempre muito atento e relevante para o meu blog!